Menu Close

Aprendiz Osceia – Dicas para conseguir emprego

Aprendiz Osceia

Se você perdeu o emprego, não desanime, é muito importante que você assuma o controle da situação para conseguir um emprego melhor como aprendiz osceia.

Às vezes, a perda do emprego não se reduz à sua deficiência, mas a fatores empresariais como má gestão, por exemplo. Mas se você já está nestas circunstâncias, a primeira coisa que você deve fazer é ter calma, não entrar em desespero, muito menos.

Saber procurar e conseguir um bom emprego torna-se uma habilidade fundamental, mas saber administrar o momento é importante. Compartilhamos essas dicas aprendiz osceia que funcionam para conseguir um bom emprego.

1- Aprendiz Osceia – Evite a perda de autoestima

A primeira coisa é evitar a perda da auto-estima. Antes dessa mudança e de fato antes de qualquer perda, o ser humano passa pelas seguintes fases:

  1. Surpresa – Estado de Choque
  2. Negação
  3. Aceitação e Depressão
  4. Retorno gradual ao estado normal

Aprendiz Osceia

Em muitos casos, especialmente nos desempregados de longa duração, a fase de depressão se instala e dura perene e indefinidamente. Isso significa que a procura de emprego é um fardo em si, que a depressão se estende à família e afeta o ambiente em nível pessoal.

Por outro lado, que nas poucas entrevistas que a pessoa consegue, o profissional transmite negatividade, depressão, desespero ou pelo menos instabilidade emocional.

Evite a perda de autoestima. E isso muitas vezes é motivo de rejeição, já que poucas empresas querem contratar pessoas deprimidas ou emocionalmente instáveis. Como você pode manter ou recuperar sua auto-estima?

Assuma, e assuma rapidamente: eu sei que é difícil. Eu sei que há o direito de ser negativo, de birra e negação, e até mesmo um pouco de depressão.

No entanto, devemos superar essa situação, devemos fugir da vitimização. Perceba que você ainda tem o mesmo talento que tinha antes de ficar desempregado: A situação (na maioria dos casos) não tem nada a ver com o seu valor como Profissional.

Se antes você era um Profissional Talentoso altamente valorizado em sua área, agora não deixou de ser porque está desempregado. Você ainda sabe como fazer o que fez durante sua vida profissional, mesmo que não esteja fazendo agora. Inegável né?

Pratique esportes, reenergize-se, respeite-se, vista-se bem, você continua sendo o profissional que sempre foi. Faça tudo o que você sempre quis fazer e nunca teve tempo para fazer, evite diminuir o valor do tipo de tarefas que você tem que fazer.

2- Decida qual será seu próximo passo profissional

Embora não seja recomendado que a motivação para montar uma empresa seja ficar desempregado, é possível que seu sonho sempre tenha sido montar seu próprio negócio.

Talvez você nunca ousasse dar o passo pela barreira de saída que supõe a ‘segurança’ (que agora você viu que não era tanto) de ter uma renda no final do mês. Se você tem boas economias e um bom projeto (ideia, plano, equipe,… até clientes…) talvez agora seja a hora de dar o passo decisivo.

Mas lembre-se, assim como na Empresa, nem tudo é alegria – na verdade, é menos alegria do que muitos acreditam – e é preciso estar disposto a trabalhar muito, muito mesmo.

Mas se você tem certeza de que seu caminho ainda é ser empregado por outra pessoa, uma opção tão válida, lícita e honrosa quanto qualquer outra, continue lendo.

3- Aprendiz osceia – Prepare-se para a procura de emprego

Procurar um emprego é um trabalho em si, requer horas, dedicação, foco, energia e esforço. Encarar. Aliás, se você foi um bom profissional até agora, o que o impede de encarar esse desafio com seriedade e determinação? Algum.

Se você realizou projetos de duração significativa, saberá que não é uma questão de hoje para amanhã. Prepare-se, mental e fisicamente, para este desafio. Encontre o seu espaço.

4- Faça uma Agenda Intensa e Estratégica

Não porque você está desempregado agora você tem o direito de perder tempo, de desperdiçá-lo. Estabeleça uma programação intensa, que combine: X horas de exercício físico, idealmente pelo menos 1 hora por dia, X minutos para se vestir e se vestir bem.

X horas de preparação e ação para encontrar o emprego desejado, dedicação à família e amigos, de forma intensa e com qualidade, não extensivamente. Acredite ou não, isso é mais importante do que você pensa para a autoestima.

5- Aprendiz Osceia – Dê a si mesmo um feedback de 360 ​​graus de todas as coisas boas que você fez

Liste em seu passado todas as suas funções e todos os projetos em que você participou. E para cada um deles lembre-se dos objetivos que você teve e do que conseguiu.

Estes podem variar de ‘redirecionar o relacionamento com um cliente’ para ‘terminar um projeto no prazo, prazo e qualidade’ ou ‘contratar pessoas talentosas’. Detalhe todos os agradecimentos que você recebeu, mesmo por e-mail, por um trabalho bem feito.

Não se trata apenas de reforçar a auto-estima, mas de trazer à tona todos os prêmios, reconhecimentos e conquistas que você conquistou em sua carreira e que depois poderá usar como exemplos de seu valor.

Aprendiz Osceia

6- Prepare um bom currículo

Depois de ter feito um bom feedback, tente capturá-lo (o mais significativo) em um currículo. Faça isso sintetizando seus papéis e o que você conquistou, e se você foi reconhecido de alguma forma, inclua.

Você não enviará este CV a nenhum empregador, mas servirá de base para seus futuros CVs. Feita essa preparação, você agora começa o processo de busca de um bom emprego.

7- Selecione corretamente seus trabalhos ideais, até que você tenha uma quantidade de cerca de 25-50

Defina corretamente seu trabalho ideal para ter uma referência que você usará para filtrar os trabalhos que podem se encaixar em você vs. aqueles que não lhe interessam.

Em seguida, escolha a lista de trabalhos em que você se concentrará. Cada semana você pode escolher alguns, mas sempre mantendo-se fiel ao seu filtro.

Leave a Reply

Your email address will not be published.